Livro-fanzine «Olhos Feridos»

by Como La Cigarra Radio
0 comment
Olhos-Feridos

Olhares populares sobre a crise na Colombia e no Brasil


Por: Como La Cigarra Radio

Imagine um pensamento genocida que toma o poder. Trata-se de imaginar, por exemplo, 500.000 mortes no Brasil ou 100.000 mortes na Colômbia em decorrência de uma pandemia. Nas ruas das cidades colombianas, após do surto social que começou em 29 de abril deste ano, começaram a aparecer chefes de jovens que foram presos por forças policiais. E aí? No Congresso brasileiro são promovidas leis que ignoram as demarcações de territórios tradicionalmente habitados por comunidades indígenas, autorizando sua invasão extrativista. No rio Cauca, na Colômbia, são vistos novamente pedaços de corpos de pessoas que dias antes haviam sido detidas pela força pública. Às vezes com o apoio de atiradores civis.

Não são dias fáceis. Mas também não são dias impossíveis. A esperança sempre aparece ao longo do caminho. Nós, como muitos outros em Abya Yala, apostamos pela vida. “Olhos feridos” é um livro-fanzine recriado naqueles territórios de resistência que são as baixadas e bairros populares do Brasil e da Colômbia. «Olhos feridos» é um experimento simples que busca explorar os sentimentos que o pensamento genocida produz nas comunidades populares. É também uma resposta, muito nossa, muito dessas periferias em que vivemos, a esse poder que não nos quer, a esse poder que não queremos.

O convite que fazemos é simples: a partir de hoje, dia 14 de julho, e durante um mês, estaremos compartilhando a versão digital do livro-fanzine “Olhos Feridos” nas redes sociais, esperando que quem o receba sinta e compartilhe nossa digna raiva e esperança. Também esperamos que você compartilhe com seus amigos. E esperamos, talvez, receber uma mensagem com suas reflexões, seus sentipensamentos.

No dia 14 de agosto faremos uma apresentação territorial. Ou seja, vamos nos encontrar pessoalmente em um dos territórios onde estas letras foram escritas: o bairro Tierra Firme em Belém do Pará, Brasil. Outras geografias e espíritos libertários irão virtualmente aderir à festa. Da Colômbia e da Argentina nos acompanharão amigas e amigos escritores para nos contar como, apesar das feridas, o que vem caminhando por nossa América Latina tem como nome esperança.

Curso popular TF Livre

Plataforma comunicativa popular Como la cigarra… Radio

You may also like

Leave a Comment